9 de fevereiro de 2017

Diz-me o que ouves dir-te-ei quem és. Só que não



"Tu enganas mesmo. Não tens nada ar de quem ouve rock e coisas do género.", diz uma. Outro diz "Não podes ouvir Tara [numa conversa sobre os Tara Perdida] há mais tempo que eu. Até sou mais velho...", Oiço Tara desde os 7/8 anos, "Como assim?! Ok, afinal é possível.". "Marisa! Eu não acredito que gostas disto. Ai adoro.", diz outra.

E é assim que vou "enganando" as pessoas acerca do meu gosto musical. Não é propositado. Por algum motivo as pessoas vêem-me como alguém que não gosta de rock/alternatica/indie. Mas gosto. Muito. Será da minha cara de menininha? Do meu estilo de roupa? Eu até sou muito de preto, branco, cinzento. Preto e cinzento são facilmente associáveis a rock... Não percebo mesmo, Por norma, quando olho para uma pessoa não consigo avaliar o que ela ouve, ou não. Talvez porque nem penso muito nisso.


Isto é uma espécie de resumo da minha vida.
Estou habituada a ter pessoas surpreendidas quando demonstro gostar de Xutos & Pontapés, Tara Perdida, Guns & Roses, Rolling Stones, Nirvana, Portugal the Man, GreenDay, Ornatos Violeta, e por aí fora.

Declaro culpados o primo mais velho e quase que primo, que tinham sempre rockalhada aos altos berros quando eu era criança e eles estava a entrar na pré adolescência. Entre tudo o que eles ouviam ficaram os Tara no meu coração, como paixão eterna. Obrigada primos! A sério. São os maiores, literalmente. Gosto muito de vocês, apesar de não saber como não me deixaram surda com o volume da vossa música. Declaro culpado o meu pai, por ser da geração de 70/80, essas décadas de excelência a nível de música, e por todas as viagens de carro a ouvir esses monstros da música, como Stones, Beatles, Bruce... Obrigada pai. Declaro culpado o F por me ter dado a conhecer Portugal the Man e esse monstro (que precisa de amigos - atenção piada para só quem gosta/conhece de Ornatos) da música portuguesa, que é Manuel Cruz (Uma Vénia! Devia-se fazer uma vénia sempre que se fala de Manuel Cruz. Está dito). Obrigada Moço. O que era de mim sem o teu bom gosto musical? A sério, procurar músicas/bandas sozinha por minha conta e risco não é tão divertido como quando tu enviavas links. 

Outras bandas fui descobrindo sozinha. Mas acho que os verdadeiros culpados são o R primo e o R quase-que-primo, por me terem "obrigado" a consumir estes géneros musicais quando as outras crianças, ditas normas, ouviam Avô Cantigas e outras cenas. Não sei o que elas ouviam. Eu ouvia as músicas dos meus primos. Das minhas primas também, menos vezes. Ainda me lembro de algumas músicas dos Excesso e dos D'Arrasar. Mas o que é um "és a rainha da noite" comparado com um "és muita, muita feia" ou "batata frita pala pala" ou "vaquinha, gosto de ti vaquinha" (k2o3).

Concluindo. Deixo o meu mjuito obrigada a todos os acima referidos - e ao primo M, companheiro de uma vida (apesar de tudo) e de muitas viagens a cantar Xutos. Os nossos pais devem ter sofrido tanto connosco, primo mais novo... - por fazerem de mim uma pessoa com bom gosto. E deixo o meu sincero pedido de desculpas a todos aqueles que, por uma razão qualquer que eu desconheço, criam uma ideia de mim como pessoa da pop/música comercial, que até pode incluir kizomba e outras cenas. Pensando bem no caso, devia começar a usar camisolas de bandas de rock. Assusta-me a ideia de olharem para mim como belieber (é assim que se sim? não percebo muito do assunto), ou como alguém que fica louca com uma kizombada. Kizomba só o Jantar de Hoje do Rui Unas. Porque o Unas é o maior.

Ps. Áparte de tudo o que foi dito, tenho a Beyoncé como uma rainha, a minha banda de adolescência são os D'ZRT, um dos concertos que mais gostei foi da Ana Moura, e se me perguntarem "oh maluquete de quem você é tiete?" eu respondo "eu sou a tiete da Ivete". Porque uma pessoa tem que ser versátil. E há muitos bons artistas em todos os géneros, e gosto de ouvir um pouco de tudo. Enfim, versatilidade.

8 comentários:

  1. Como dizes por fim e muito bem... Versatilidade :-)

    ResponderEliminar
  2. Adoro pessoas assim! Es única e super interessante! Tens pormenores escondidos que te fazem única e que vais revelando devagarinho XD
    Também adoro tara, tive o prazer de conhecer o ribas e foi muito muito fixe XD


    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso nunca desvendo muito. Talvez daí a estranheza ;)
      Oh meu deus. Conheceste o Ribas?! Que fantástico! Eu a única oportunidade que tive de os ver ao vivo foi já com o Afonso como vocalista

      Eliminar
    2. Por acaso nunca desvendo muito. Talvez daí a estranheza ;)
      Oh meu deus. Conheceste o Ribas?! Que fantástico! Eu a única oportunidade que tive de os ver ao vivo foi já com o Afonso como vocalista

      Eliminar
  3. E é assim que deves ser :)


    R : Eu cá nunca gostei de inglês, mas lá vou ter de passar no exame e tive de recorrer a ajuda.

    ResponderEliminar
  4. Também me dizem isso muitas vezes, porque tenho ar de calminha e adoro hip hop/ reggae/ rap ahhah

    ResponderEliminar