28 de fevereiro de 2017

Speedy Random Post

Acabou. Agora só para o ano. Não da pra comprar ao início? Temos mesmo que voltar à realidade? Sei que não. Então, até para o ano Carnaval.




Marisa

27 de fevereiro de 2017

Nota mental

Se estás cansada, sem óculos e no meio de muita gente (desconhecida), não penses muito numa só pessoa, que não esteja presente no momento. Corres o risco de a confundir com uma outra pessoa qualquer que passe por ti.

Marisa

24 de fevereiro de 2017

Não há como evitar

Se podia viver sem o Carnaval mais português de Portugal? Podia, mas não era a mesma coisa. Queria voltar aqui antes de quarta, mas com o Carnaval e o resto que tenho para fazer, não sei se conseguirei fazê-lo. Para os que gostam, bom Carnaval. Para os que não estão nem aí, bom fim de semana. Eu, vou só aproveitar a melhor semana do ano, e já volto =)


Marisa

23 de fevereiro de 2017

Music Box | Qui Belê

E para esta semana nada melhor do que Ivete - oh maluquete de quem você é tiete? eu sou a tiete da Ivete. Amanhã começa, oficialmente, o Carnaval de Torres Vedras. Podia pôr muitas músicas. A escolha foi difícil, há tantas que adoro, quase todas. Então de Ivete... ui. Músicas de Carnaval são vida, a melhor banda sonora perfeita a partir de Janeiro. A contagem decrescente é feita desde muito cedo, e hoje já só marca 1 dia.

Ou algumas horas....

22 de fevereiro de 2017

Mistérios no Youtube

Liguei o Youtube e apercebi-me que, no topo da página inicial, estava sugestões de vídeos para ver mais tarde. Normal. É uma opção que o site tem, poder guardar vídeos para ver mais tarde. Tudo bem até ao momento que não guardei nada e muito menos do que me aparecia. Abri a página de "ver mais tarde" e estava repleta de vídeos que não tinha visto. As sugestões passavam por vídeos de ovos surpresa, Ovelha Choné, Mr. Bean, Baby "não sei quê" e mais uns quantos bonecos. Estranho?! Talvez. Principalmente porque aquilo já estava lá há algum tempo, eu é que nunca dou muita atenção às sugestões ou vídeos que aparecem na página inicial do Youtube.

20 de fevereiro de 2017

Dream About

Dá-me sempre o melhor que puderes. Se me deres sempre o teu melhor, mesmo que seja menos que o menos do que o pouco dos outros, por vir do teu esforço, da tua vontade e do teus muito, será o melhor que poderei ter.


Marisa

18 de fevereiro de 2017

Sempre meu

É para ti que corro à procura da tua força. É por ti que, por muito bom que seja partir, quero sempre regressar. Para a tua beira, para te sentir, para olhar, para ouvir, para te respirar. Tu que puseste à prova os grandes, e que, mesmo depois de conquistado, continuas imponente e temeroso. E é a tua força que busco para continuar a enfrentar os desafios da vida, e é a tua harmonia que procuro para ter paz. Porque serás sempre meu. Porque serás sempre o símbolo da minha casa, da minha origem, do meu eu.

17 de fevereiro de 2017

Ilusões em Prosa

As diferenças entre ambas eram notórias. Enquanto Ana vivia rodeada de livros e adorava a calma e o ar puro da natureza, Tânia era uma típica rapariga citadina que adorava a correria do dia-a-dia e para descontrair umas boas maratonas de séries. Enquanto Ana era discreta, e se vestia roupas lisas em tons monótonos, Tânia era extravagante e tinha o guarda-roupa repleto de peças que despertavam a atenção de qualquer um. E eram todas estas diferenças que atraiam Tânia. Ana trazia-lhe toda a paz que nunca sentira até a conhecer. Quando a viu pela primeira vez, descobriu o seu nirvana. Aquele que a leva para uma dimensão paralela e fá-la acreditar no paraíso, não aquele que tanta vez toca no seu ipod em volume máximo.

16 de fevereiro de 2017

Music Boc | Nunca Parto Inteiramente

Manuel Cruz para mim é um génio. Já falei disso aqui no blog. É daqueles artistas que me canta. Sinto-me exposta em muitas das suas canções, mesmo sem ele saber quem eu sou. As canções conquistam-me assim, para além da sua sonoridade, a letra tem um papel fundamental. E uma boa sonoridade aliada a uma letra que me toque bem no fundo e me retrate é a junção perfeita.

Uma dessas canções foi escrita pelo músico e compositor Manuel Paulo para o álbum "Assobio da cobra", que conta com a participação de vários cantores nacionais, onde Manuel Cruz foi o convidado a interpretar o tema que falo.

13 de fevereiro de 2017

Equilíbrio

O mundo ideal seria se para cada desastrada como eu, existisse um "reparador" de coisas estragadas e dias maus como ele. Para além da boa disposição e parvoíce que sempre me deu, dá também um certo equilíbrio à vida.

E aquela frase de uma terceira pessoa ecoa na minha cabeça. "Mal o conheço, mas nota-se que ele te adoa e que era capaz de tudo por ti.". Eu sei. Sei muito bem.

De sempre e para a sempre a minha pessoa preferida. E se a palavra gratidão existe por algum motivo é por o ter na minha vida.

11 de fevereiro de 2017

Dream About | o fado da memória

O quão estúpidos podemos ser ao querer relembrar e relembrar o passado. Trazer à tona memórias que já não voltam, pessoas que já não conhecemos de tanto tempo sem as vermos, sítios que mudaram, sentimentos que já não são os mesmos, mas apenas uma visão desfocada do que foi. 

O quão estúpidos somos ao reviver mentalmente histórias, conversas, memórias. O que são as memórias afinal?

9 de fevereiro de 2017

Diz-me o que ouves dir-te-ei quem és. Só que não



"Tu enganas mesmo. Não tens nada ar de quem ouve rock e coisas do género.", diz uma. Outro diz "Não podes ouvir Tara [numa conversa sobre os Tara Perdida] há mais tempo que eu. Até sou mais velho...", Oiço Tara desde os 7/8 anos, "Como assim?! Ok, afinal é possível.". "Marisa! Eu não acredito que gostas disto. Ai adoro.", diz outra.

E é assim que vou "enganando" as pessoas acerca do meu gosto musical. Não é propositado. Por algum motivo as pessoas vêem-me como alguém que não gosta de rock/alternatica/indie. Mas gosto. Muito. Será da minha cara de menininha? Do meu estilo de roupa? Eu até sou muito de preto, branco, cinzento. Preto e cinzento são facilmente associáveis a rock... Não percebo mesmo, Por norma, quando olho para uma pessoa não consigo avaliar o que ela ouve, ou não. Talvez porque nem penso muito nisso.


Isto é uma espécie de resumo da minha vida.

6 de fevereiro de 2017

Dream About | Tentar é um bom motivo

No final do dia olho para trás e penso se valeu a pena. Se valeu a pena as horas que gastei a preparar-me para o dia de hoje. Se valeu a pena ter acordado às seis da manhã. Se o dia de hoje valeu a pena. À primeira vista não. Ao primeiro instante tudo parecia ter sido em vão. Quando na verdade ainda nem sei o resultado do dia de hoje. Sei que me esforcei, que vim, que tentei. Tentar é o primeiro passo para se conseguir, e mesmo que não consiga, tentei e já vale a pena por isso. Porque sem tentar nunca saberia se conseguia ou não. Tentar é o primeiro passo. Se for muitos, fantástico. Se for também o último é seguir em frente e aprender, não desmotivar, porque cada passo é um pedaço da vida.

Marisa 

3 de fevereiro de 2017

Descrição de um bom filme

Um bom filme, segundo uma leiga de cinema, é perfeito quando, a determinada altura, só me apetece começar a gritar para a(s) personagem(s) fazerem algo. Assim em jeito de treinador de bancada. Isto acontece quando o filme é tão bom que me faz viver a história intensamente e criar laços afectivos com as personagens, e por isso só quero lhes dar conselhos e ver a acção a desenrolar rapidamente porque não aguento mais esperar sobre o que vai acontecer a seguir. Já fui mais de filmes do que sou hoje, mas um bom filme será sempre um bom filme e será sempre aquele que me envolve na história ao ponto de me dar vontade de me armar em treinadora de bancada de cinema. 

Mas descansem, eu controlo-me e não começo a gritar no meio de salas de cinema. Doida, mas não tanto.



Marisa

1 de fevereiro de 2017

Rodeia-te de alguém que...

A vida é mais leve quando nos rodeamos das pessoas certas. Pessoas que ajudam, aconselham, apoiam e dão na cabeça, porque não vamos a lado nenhum com só falinhas mansas. Por isso, sinto que sou uma privilegiada quando tenho pessoas à minha volta que:

- "Eu também era assim. Gostas de filmes e séries? (...) e também gostas de ler, faz como eu, comecei a ver filmes sem legendas e a ler livros em inglês e ajudou-me bastante"

- "Sim isso é uma boa ideia. Eu empresto-te livros. Vou-te emprestar do autor X também que a leitura é mais acessível para começares"

- "Quantos filmes já viste? E livros? (...) [fotos dos livros acabados de chegar] Já os devias estar a ler! estou a estudar gramática... Ah pronto, desculpada

Isto não é só uma pessoa. São três! Três exemplos de pessoas que tenho na minha vida e me fazem sentir privilegiada, apenas por serem assim, optimistas, entusiastas, e até um quê de exigentes.