10 de setembro de 2016

Constatação interessante

Sou uma pessoa que gosta de embirrar de quando em vez, admito. Assim como admito que me falta muitas vezes a paciência e levanto a voz mais vezes do que devia, muitas das vezes sem razão ou grandes motivos ou moral para o fazer. Fervo em pouca água e descarrego sempre em quem me é próximo, mesmo que o meu problema maior não seja com estes. É algo que não me orgulho, mas que a maior das vezes faço involuntaria e inconscientemente e só me apercebo de tal mais tarde.

Ontem, quando estava a brincar com a minha irmã a tentar enganá-la ao dizer que tinha discutido e zangado-me com o Primo mais velho - coisa que ela não acreditou - constatei que nunca, mas mesmo NUNCA, em toda a minha vida discuti com ele. Nem com o R nem com a prima M. Nunca na minha vida discuti com eles dois, nunca os questionei, nunca lhes levantei a voz, nunca me zanguei com eles, nunca fiquei magoada com eles. Especialmente com R. Sempre o tive como a pessoa mais importante da minha vida ou a minha pessoa especial e até o meu anjo da guarda... mas nunca tinha pensado neste pormenor de nunca ter tido uma discussão que fosse com ele, e ele é das pessoas que sempre teve uma grande presença na minha vida.

Marisa

5 comentários:

  1. Pois, eu padeço do mesmo mal. No meu caso, nem os primos escapam :P

    ResponderEliminar
  2. tens ai uma bela amizade com os teus primos

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho uma amiga, a quem considero minha irmã não biológica, com quem também nunca discuti!

    ResponderEliminar