28 de setembro de 2016

Conflitos

O cérebro não para, precisa de descansar, sabe-o, contudo teima em entrar em ebulição de pensamentos, vagueia entre o que deve e o que quer, o que é e o que gostaria de ser, o isto é o aquilo. O coração não para, bate forte, rápido, sente, sente muito, mais do que devia, mais do que suporta, faz o cérebro pensar ainda mais. Gera-se um efeito bola de neve, cada vez mais rápido, cada vez maior. Turbilhão. Conflitos. Erupção.

Marisa

2 comentários:

  1. Passo tanto por isso... e querer acalmar-me e pensar em coisas boas (ou simplesmente não pensar em nada) e não consigo...

    ResponderEliminar