21 de julho de 2016

De manhã é que se começa o dia

Acordar cedo no primeiro dia desde sexta-feira que tinha para acordar cedo não fazia, propriamente, parte dos meus planos... Não que quisesse passar a manhã na cama, mas acordar, de um sono profundo, às oito e meia da manhã com o puto a chamar-me aos berros e a bater em algo como se tivesse a acontecer um terramoto de 9.5 na escala de Ritcher, é tortura. Dormia pelo menos até às nove/nove e meia. Mas ter acordado cedo, ontem, acabou por ser bom... Passei uma óptima manhã de praia. Apesar de não estar muito calor, por estar uma brisa fresca, uma manhã de praia, na minha praia, onde apenas estavam duas ou três pessoas a pescar e a minha família, nada me teria sabido tão bem como passar a manhã na praia.

É tão bom. A minha praia. O meu mar. Toda aquela paz e tranquilidade que só ali encontro...

foto da minha autoria

Marisa

2 comentários: