27 de junho de 2016

#fetaéfeta

Estamos no quinto e último dia de festa e, tirando ontem, todos os dias pensei É hoje que vou à festa e me vou divertir. Na sexta foi bom, mas acabou cedo que no dia seguinte ia trabalhar. Hoje pensei o mesmo. Aliás, ainda pensei mais, pensei que ia, me divertia e ficava até depois da 1 da manhã. Oh sim, claro! Com a necessidade de dormir que eu tenho, com as noites mal dormidas devido à música, e depois de ter acordado por volta das 6 e trabalhado 11 horas... É mesmo de festa que estou a precisar. Ou então não. Claro que ainda pensei em ir e que era hoje que seria muita bom... Entretanto a banda começou a fazer o check sound e o barulho tirou-me logo a vontade.  Ainda vou. Posso não estar lá muito tempo, mas o último dia é o último dia... E amanhã (acho que) posso dormir

Ps. sempre achei esta hashtag parva e estou a usá-la por pura parvoíce

Marisa

Sem comentários:

Enviar um comentário