30 de abril de 2016

Ai essa sentimento tão português

Tinha tantas coisas boas para dizer hoje, tinha sorrisos, tinha mudanças... tinha um dia cheio. Tive um dia cheio, até ao momento em que parei para lanchar, liguei o computador para me distrair um pouco, entre as muitas páginas que abri uma delas foi o Pinterest, onde estava a ver imagens aleatórias e, no meio, apareceu uma daquelas imagens giras de frases. E foi aí, foi aí que percebi que o meu coração, que pensava que estava cheio, afinal estava com uma parte vazia. Aquela parte que estará sempre vazia, por mais que o resto encha. Aquela parte que estará sempre na outra ponta da Europa. Aquela parte que se chama saudade.


I miss you. Tenho saudades tuas. Morro de saudades tuas. Tu és aquela amiga que eu dava tudo para ter aqui nesta fase da minha vida, em particular, e sempre para todo o sempre, em geral. E quantas vezes me apetecia apanhar um avião e ir ter contigo. Não há vez que oiça, ou diga, ou leia o nome do país onde estás que não me lembre de ti. E se fosse só isso que te trás à minha memória... Ai minha princesa, minha porca, minha mp, minha C'... E quantas vezes, também a mim como a ti, me apetece que apanhes um avião e venhas ter comigo. Sim pode ser na melhor gelataria do mundo já que estou sempre a "meter nojo" com as fotos dos crepes e dos gelados que ponho no insta e no face :P E também podemos passar pelo teatro, que tal?! E ainda vamos fazer uma visita à nossa escolinha para matar saudades daquilo tudo e daquela gente toda que já deve estar cheia de saudades nossas também =) E vamos até ao infinito e vamos falar de tudo e mais alguma coisa. E mesmo longe de ti, vou continuar contigo, vais continuar comigo. Um grande abraço, um grande beijo, muitos sorrisos. 

E isto sou eu a ser sincera, a falar com o coração no blog para não te mandar mensagem diretamente para o facebook para não nos pormos a chorar em sintonia com muitos quilómetros e um fuso horário diferente. E isto sou eu a dizer, outra vez, que te adoro!

Marisa

6 comentários:

  1. Custa quando os que nos estão próximo do coração estão longe no mapa! Sei bem o que isso é! Beijinho.
    http://araparigadoautocarro.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  2. É mesmo um sentimento muito nosso...mas há que sobreviver...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem dias mais difíceis, mas sobrevive-se

      Eliminar