27 de março de 2016

Os doces sons da infância

Quem não se lembra das músicas do Avô Cantigas ou dos Onda Choque e das Popeline... A infância era muito divertida nos anos 90. Admito que tive uma cassete das Popeline e outra do Zé Cabra e da Ruth Marlene... e vou parar por aqui que, apesar destas cassetes todas, os sons da minha infância que trago no coração não são estes, são sons que ainda hoje os oiço quase todos e continuo a adorar. Uns todos conhecem, são clássicos, e os outros são só parvos mas engraçados, do melhor da música portuguesa...

Para ganharem cultura geral, ou apenas para terem um momento parvo, façam o favor de ouvir todas

Dos clássicos, a nata da nata, os reis, os maiores, os inigualaveís (nota-se muito que são das minhas bandas preferidas?!) temos muitos temas, mas vou só escolher três

A minha casinha - Xutos & Pontapés


Homem do leme - Xutos & Pontapés
Esta é sem dúvida aquela canção que sempre foi das minhas preferidas e que me toca e com a qual acabo por me identificar e gostar cada vez mais dela




Dessa, também, grande banda de rock português que são os Tara Perdida, e que têm excelentes canções, no que diz respeito às que trago da minha infância são as duas mais para o engraçadas isto para não dizer pior

Feia - Tara Perdida


Batata frita pala pala - Tara Perdida
A eterna





Agora passo para bandas aleatórias 

Vida de Marinheiro - Sitiados
Impossível não conhecer e não gostar




Sol da Caparica - Peste & Sida
Outra impossível não conhecer e não gostar
Ainda não acredito que eles não tocaram esta no Santa Summer Sounds em 2013


Rádio Ska - Despe e Siga
Mais uma pérola em jeito de clássico



Vaquinha - k2o3
Ainda a sei de cor e salteado (obrigada primos)




Eu Xamome Ãtónio - Comme Restus
Que se resume a dizer ai ui eu xamome ãtónio (mais uma vez obrigada primos pela minha perturbação mental)




Perigosa - Kussondulola
É muito mau dizer que esta era a música que o primo M e às vezes eu às cantávamos sobre a minha mãe sem eu saber o motivo pelo qual o fazíamos?! A verdade é que fiquei desiludida quando cheguei atrasada a um concerto dos Kussondulola há uns três anos e só ouvi esta música na fila da entrada =)



Oh mãe - Iris
Desta vez digo "oh mãe" obrigada pela minha perturbação mental



Depois de todas estas músicas, aos corajosos que ouviram todas e, se existirem, aos seres estranhos que já conheciam todas, qual a é que gostaram mais/acharam mais engraçada?

Marisa







 

4 comentários: