9 de janeiro de 2016

Primeiro passo

Acabei de ligar para a escola de condução onde tirei a carta. Posso ter aulas lá com o instrutor que eu quero, o G, que foi quem me deu praticamente todas as aulas quando tirei a carta. E as aulas são metade do preço que eu pensava, o que também é bom.

Daqui a poucas semanas faz 2 anos que tirei a carta. Nestes dois anos mal peguei num carro. O motivo? O medo, sempre o medo. Recentemente comprei um carro e, depois de ano e meio sem conduzir, quando peguei nele não conseguia fazer nada, não sabia fazer nada. Entrei em pânico. Eu sabia que ia precisar de umas aulas, mas nunca pensei que não fosse capaz sequer de manter o carro direito.

Tinha duas opções. Vender o carro e desistir de conduzir ou deixar passar um tempinho para recuperar do choque e ter aulas antes de pegar no meu carro. O mais normal para mim seria desistir. Quase que desisti de tirar a carta. Desisto de quase tudo porque tenho medo de quase tudo. Estou um bocado cansada desta atitude derrotista, por isso decidi ir pelo caminho mais "difícil". Vou gastar dinheiro que podia pôr de parte para um outro objectivo, vai ser difícil voltar a conduzir, vou precisar de força e coragem, mas irei lutar e irei conseguir.


Marisa Maria

9 comentários:

  1. A prática é muito importante em qualquer atividade e no que toca à condução, diria que é mesmo fundamental.
    Ter medo é um reflexo natural de sobrevivência. Mas o medo não nos pode tolher. Temos que tentar vencê-lo sem descurar os alertas que vêm incluídos no pacote do medo.
    Penso que, tirando o contra de ser um rombo nas economias, é a atitude mais correta. É preferível ires para a estrada de carteira vazia, mas com a noção do que vais fazer, do que fazeres asneiras que te podem sair bem mais caras.
    Boa sorte com isso. :)

    ResponderEliminar
  2. Desistir não querida, acho que fazes mesmo bem em ir ter aulas, vais ficar mais confiante. Eu também paguei aulas antes de ir a exame porque não me sentia confiante.
    Vais ver que daqui a nada já te sentes à vontade :)

    ResponderEliminar
  3. Identifico-me muito com o que disseste porque eu também desisto de tudo pelo medo. E também estive muito tempo sem conduzir até que me obrigaram quase a conduzir e agora adoro :)

    ResponderEliminar
  4. O medo sé se supera quando não desistimos. Eu sempre conduzi, mas só conduzia o meu carro, tinha medo de pegar nos outros e andei 4 anos sem pegar em mais nenhum. Até ao dia em que no meu trabalho tive que sair e pegar no carro da instituição, nem tive tempo de pensar no medo e agora pego em qualquer um.
    Não desistas da carta, ainda por cima agora que tens carro, isso só poderá ser mais uma motivação.

    ResponderEliminar
  5. Claro que vais conduzir. Eu tenho carta há mais de 20 anos e sempre, sempre conduzi. É muito importante nunca parar.

    ResponderEliminar
  6. Não desistas, tu vais conseguir!

    r: Também uso praticamente todos os dias*

    ResponderEliminar
  7. não desistas :) eu tambem tive medo e hoje conduzo :)

    ResponderEliminar