20 de janeiro de 2016

Enfrentar os medos

A minha "primeira" aula de condução foi esta manhã. Foi estranho entrar naquele carro dois anos depois. Consegui não me enervar, fiquei apenas um pouco apreensiva com o que iria acontecer, se iria conseguir, se iria fazer algum disparate, se o G me ia dar na cabeça (como se o G fosse capaz de me dar na cabeça...). Enfim, os medos não desaparecem num estalar de dedos. O importante é que consegui controlar e enfrentar os meus medos hoje e aula correu muito melhor do que estava à espera e isso faz com que me sinta muito mais confiante.

No que diz respeito a confiança tenho melhorado bastante nos últimos tempos. Aquele "clique" que me deu na cabeça e me fez pensar que não podia continuar a caminhar para o fundo do poço e sim para o topo da montanha foi muito bom. Tenho estado mais livre e confiante e com vontade de mudar e lutar e enfrentar e sorrir.

Aos poucos e poucos as coisas hão-de começar a compor-se cada vez mais. Quero acreditar que sim.



Marisa

2 comentários:

  1. O que aconteceu para teres esse receio a conduzir agora?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um pequeno acidente e muita falta de confiança

      Eliminar