5 de setembro de 2015

Eu sou Oste

Foi criado o movimento "Eu sou Oeste" para divulgação desta zona de Portugal.

Eu sou Oeste é algo de que orgulho. Já aqui falei disso. Temos história, temos tradições, temos lendas temos turismo para todos os gostos, temos agricultura,  temos gastronomia, temos ergonomia, temos serras, temos mar, temos praia, temos surf, temos desporto, temos educação, temos património, temos eventos, temos a calma das aldeias e agitação (qb) nas cidades, temos um clima próprio, temos sotaques dentro de um sotaque... temos tanto. Temos o Oeste.

Que bom ser Oeste. Que bom nascer, crescer e viver entre os, agora menos, campos semeados e os barcos que entram e saem do pequeno porto da minha terra, ter o mar ao meu lado e a cidade aqui tão perto. Que bom ter turistas estrangeiros ou compatriotas portugueses a dizerem-me que adoram esta zona. Que bom ter as cavacas das Caldas, os bivalves de Peniche, as ondas da Nazaré e da Ericeira, as praias desde Santa Cruz até ao meu pequeno canto, os peixes e os polvos da minha terra, os Pastéis de Feijão e o Carnaval de Torres Vedras. E isto é só uma pequena amostra do que me é mais próximo.

No site Eu Sou Oeste podem conhecer mais sobre este projecto, encontrar fotografias e eventos. Lá encontrei também umas imagens para partilhar. Para vós escolhi estas:

Primeiro o Farol porque sou do Mar




Segundo a Bicicleta porque pertenço a Torres Vedras



Terceiro a Bússola porque o Oeste é o meu mundo



Por último e não menos importante o Manifesto Eu Sou Oeste porque resume um pormenor de cada recanto do Oeste




Marisa Maria

Sem comentários:

Enviar um comentário