24 de julho de 2015

Conta-te poesia

A noite é a escuridão
Iluminada pelas estrelas
A vida é a ilusão
lustrada pelos sonhos

Então sonho.
Sonho a dormir
Sonho ao acordar
Sonho a viver
E vivo a sonhar

Vejo no sonho uma estrela
Uma luz
Um caminho
Uma direcção

Oiço no sonho a minha voz
A voz alheia
Um grito
O coração

Se a noite precisa de estrelas
Para ser bela
A minha vida precisa de sonhos
Para não ser cela
Então as estrelas que me iluminem
Então os sonhos que me libertem

Marisa Maria

Sem comentários:

Enviar um comentário